• revistasalasolidar

Não, É NÃO!



"Não é não"

Não, É NÃO!


Todos nós já estamos exaustos, sempre batemos na mesma tecla e mesmo que for necessário, repetiremos todos os dias, para que todos possam entender: se não há consentimento claro, É NÃO!

Quantas vezes respeitaram o seu não?

Quantas vezes ultrapassaram a barreira do seu “não”, forçando uma situação, seja num apelo psicológico ou até mesmo passando dos limites usando a força física, conseguem se lembrar de quantas o vezes seu “não” foi em vão ?


Nos últimos dois anos (2020-2021) houve uma explosão de casos de violência contra a mulher, contra a comunidade LGBTQIA+ . Ocupamos hoje a 5ª posição no ranking mundial de feminicídio, e o país que mais mata pessoas da comunidade LGBTQIA+

Estamos vivendo uma cultura de normalizar absurdos

A candidatura de Jair Bolsonaro em 2018 à presidência, só reforçou o coro de grupos que até então escondidos, agora estão evidentes na sociedade, machistas, racistas, misóginos, xenofóbicos, nazistas, supremacistas, entre outros grupos, estão transitando entre nós, de forma normativa.

O maior exemplo de que as falas do presidente refletem na sociedade como um todo, é de que grupos neonazistas cresceram 270% nos últimos 3 anos.

Chegamos num ponto em que as pessoas estão defendendo criar um partido neonazista para que haja debate, membros do governo aparecem em canais abertos tomando seus copos de leite para demonstrar a “superioridade da raça branca”, entre vários outros gestos e barbáries .

O Brasil se enfiou num fosso civilizatório, sabe porquê?

Porque foi TOLERANTE, com o INTOLERÁVEL




A opinião do colunista não é, necessariamente, uma opinião do Coletivo Sala Solidária --------------------------------------------------

Chris Kayo (São Paulo, Brasil)

Vocalista da banda Mergulho e Perfurador na Klash Tattoo


101 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo